Atualmente, as redes sociais são umas das principais ferramentas de comunicação entre consumidores e empresas. Dessa forma, é inegável que as pequenas, médias e grandes companhias não levem em consideração a relevância delas.

Nesse caso, para entender melhor a importância da rede social no pós vendas de uma empresa, vamos utilizar como exemplo o Facebook, que, segundo o Statista, até setembro/2017, foi a rede social mais acessada do mundo!

Statista - Redes Sociais - Set 2017

Dessa forma, com uma grande quantidade de usuários, o Facebook é utilizado por grandes companhias para medir o nível de popularidade da marca e o engajamento dos consumidores em relação aos produtos da empresa e da própria marca em si.

Veja: Infográfico: veja o que dá e o que não dá certo para as marcas no Facebook

Nesse sentido, não prestar nenhum tipo de suporte aos consumidores que estão no Facebook, expondo algum problema com o produto ou serviço da empresa, acaba por diminuir consideravelmente a confiança que foi adquirida lá atrás, no momento da compra.

Tenha um pós-venda robusto também nas redes sociais!

O pós-vendas não deve ser tratado apenas nos telefones ou e-mails da empresa, muito pelo contrário! O perfil do consumidor mudou muito nos últimos anos, fazendo com que as empresas se relacionem, cada vez mais, com os consumidores 3.0.

Leia: O que é SAC 3.0?

Portanto, com esse perfil de consumidor completamente ligado nas redes sociais, e que pesquisa muito antes de comprar, as empresas precisam encontrar um diferencial para atender e solucionar os problemas gerados nas relações consumidor/empresa.

Abrace seus clientes!

Acompanhar os clientes nas redes sociais não é mais uma ação secundária, pois é preciso ficar ligado em todas as interações, não apenas no Facebook, mas, de preferência, em todas as outras redes utilizadas pelos consumidores.

Diante disso, uma das soluções para transformar aquele problema gerado durante a compra de um consumidor, que postou aquele textão com bronca da empresa no Facebook, é tratá-lo através de tickets. Desse modo, através de uma ferramenta capaz de gerenciar as redes sociais, é possível atender os consumidores com rapidez e eficiência, sem perder, claro, o lado humano.

Ficou interessado? Você pode saber mais, preenchendo o formulário abaixo 😉

Fonte: Statista

 

Deixe uma resposta