Por: Bruna Macedo, atendente de Back Office do Reclame AQUI


Já se passaram 11 anos desde a estreia do filme “O Diabo Veste Prada”. O longa metragem tem em seu elenco nomes como Maryl Streep e Anne Hathaway, e conta a história da jornalista recém-formada que se torna assistente por acaso de Miranda Presley, diretora de uma grande revista de moda em Nova York.

A história foi um grande sucesso e, até hoje, reúne milhares de fãs. Mas o que podemos aprender com a trama de Andy e Miranda? A gente te conta!

1) Expectativa x realidade

É muito comum sair da faculdade ou de um curso e querer trabalhar na área em que nos formamos, mas é muito mais comum não conseguirmos emprego no que pretendemos. Andy, personagem de Anne Hathaway, passou por isso. Como todas as pessoas, ela sonha em ter uma carreira de sucesso, então, quando acabou a faculdade, ela foi morar em Nova York com a certeza que em pouco tempo iria encontrar o emprego dos seus sonhos. Essa era a sua expectativa.

Mas a realidade é bem diferente. Ela encontrou diversas dificuldades em conseguir o emprego que tanto desejava, e já desesperada, se candidatou a uma vaga que não tinha muito a ver com o que queria para sua carreira, afinal, ela precisava pagar as contas para se manter em NY.

A realidade é bem diferente dos sonhos, mas isso não significa que eles não sejam possíveis ou que esses sonhos não possam tomar outro rumo. Nem sempre as pessoas acordam querendo fazer carreira dentro do atendimento, mas isso não significa que começar uma carreira por lá seja uma coisa ruim, há muitas possibilidades de crescimento nesse setor.

2) Foco no resultado

Eu caí no atendimento, e agora?

Como diz o velho ditado: quem tá na chuva é pra se molhar. Muitos entram no atendimento por necessidade, assim como a Andy entrou no ramo da moda.

No filme, Andy encontra uma chefe com uma gestão agressiva e autoritária e isso é o que faz a sua equipe funcionar. Como todo chefe, ela está ali para cobrar resultados, não importando se a maneira como ela faz é certa ou errada, no final o que importa é sempre alcançar os resultados que deseja.

Essa maneira é a melhor forma de motivar sua equipe?

Um bom líder tem que saber o melhor modo para poder manter sua equipe engajada e preparada para poder alcançar todos os resultados. Ter foco nos objetivos é essencial e quando falamos de atendimento é necessário lembrar que a vitória de um é o reconhecimento da equipe inteira.

3) Fazer o impossível ser possível

“Tô no atendimento, não é o que eu quero e ainda por cima não bati a minha meta.”
Já repararam que toda vez que nos desesperamos as coisas não saem? Também já notaram que quando olhamos pra grama do vizinho ela sempre está mais verde que a nossa?

Ou pior, além da grama, ele tem uma piscina no quintal! Como se isso não bastasse, ainda exigem que nossa grama esteja verde, nosso quintal tenha uma piscina e que organizamos uma festa, tudo isso em 24 horas.

Calma!

Em alguns momentos é comum nos pedirem o impossível, porém o impossível em muitas vezes se torna questão de opinião. No filme, Miranda resolve pegar um pouco pesado com Andy e pede para ela conseguir o manuscrito que ainda nem foi lançado de Harry Potter.

Nesse momento ela se desespera e está quase desistindo quando ela tem uma luz lá no fim do túnel e consegue entregar o manuscrito que foi pedido e ainda tira uma cópia para as filhas de Miranda, e isso acaba surpreendendo sua chefe.

É normal pensar que não vamos conseguir deixar a grama verde, ter uma piscina e ainda planejar uma festa em 24 horas, mas é preciso pensar fora da caixa nesses momentos, sair da zona de conforto e pegar a estrada pra zona de esforço. Esquecer o problema e focar na solução, essa é a chave.

4) Não espere pela estrelinha dourada no fim do dia

Em uma das cenas mais marcantes no filme, Miranda precisa que Andy marque um voo de retorno para Nova York para o recital de suas filhas, mas o que Andy não esperava era a tempestade que estava caindo e, por consequência, todos os voos foram cancelados.

Miranda deu uma bela chamada em Andy, que nada poderia fazer, por conta do clima. Ainda nessa cena, Andy sai correndo para chorar as mágoas para seu colega de trabalho, e diz que está se esforçando ao máximo pra conseguir atender as expectativas de sua chefe.

O que podemos aprender com isso? É comum do ser humano precisar que seu ego seja alimentado, aquele velho tapinha nas costas e aquele elogio que é recebido com serenidade,. É errado? Não! Perigoso? Talvez!

Para uma carreira bem sucedida é necessário que esse velho vício do reconhecimento seja deixado um pouco de lado, e que você confie em si mesmo. Acredite que você pode fazer carreira dentro do atendimento ou dentro de qualquer área pelo seu potencial e então você terá a fórmula do sucesso.

5) Os desafios podem acabar valendo a pena no final

Lembram quando Andy deixou sua vaga como assistente, foi em busca de seus sonhos e finalmente conseguiu o trabalho na área em que desejava, graças a uma indicação de sua ex-chefe?

Por isso, o maior aprendizado que podemos levar desse filme é que por muitas vezes precisamos enfrentar desafios e passar por situações que não gostaríamos de passar para conseguir o que lá no fundo desejamos.

O que não podemos é ter medo de abraçar as oportunidades, simplesmente porque essa atitude, por menor que seja, pode te levar a lugares incríveis e a até mesmo conhecer uma nova área de atuação que antes era vista de forma deturpada. Então, não tenha medo de arriscar!

Veja também: 6 coisas que podemos aprender de atendimento com a série ‘Friends’

Deixe uma resposta