As grandes marcas, assim como os consumidores, ficam ansiosas para a chegada da Black Friday. Esse ano a expectativa é que o e-commerce tenha um lucro de R$ 2,19 bilhões, o que representa um aumento de 15% comparado ao ano anterior, segundo dado divulgado pela E-bit, empresa de informações sobre o comércio eletrônico brasileiro.

Mas, será que as empresas estão prontas para o grande dia?

Pensando nisso, o HugMe junto com o Reclame AQUI fez uma pesquisa com mais de 100 empresas para saber como está o preparativo para a Black Friday.

De acordo com o levantamento, a maioria das organizações (35%) começa a se preparar para o evento logo após a Black Friday do ano anterior, enquanto 28% inicia o planejamento com menos de 6 meses. Já o restante, 20% e 17%, se organizam com 6 meses de antecedência e no começo do ano, respectivamente.

Embora a grande parte das empresas começa os preparativos um ano antes, 52% não fazem pesquisa para saber o que os consumidores pretendem comprar.

Qual horário sua empresa vende mais?

Um dos fatores mais importante é estar disposto para atender qualquer demanda, principalmente no horário de mais movimento no site. Perguntamos para consumidores qual a hora que ele compra nesse período e para empresas qual horário elas mais vendem.

black friday_comparação empresa x consumidor

O resultado saiu um pouco controverso. Após as 18 h foi a resposta de 45% dos clientes, já para as organizações o período das 14 h até as 18 h é o horário que tem mais lucro.

Chat bot também foi tema da pesquisa

71% das empresas entrevistadas responderam que não pretendem usar chat bot por achar que o atendimento ficará menos humanizado e pela possibilidade de afastar o consumidor da empresa.

Já 29% acreditam que chat bot pode ser vantajoso pela otimização no tempo de resposta, pela velocidade no atendimento e pela triagem que já é feita com o consumidor.

Confira a pesquisa completa AQUI. 

Veja também: Pesquisa revela o que o consumidor pretende comprar na Black Friday

Deixe uma resposta